Pesquisar
Close this search box.

CONQUISTE SEU LUGAR NA INTERNET COM SITES PROFISSIONAIS E PELO MENOR PREÇO. CLIQUE AQUI E SAIBA MAIS!

<<  VOLTAR AO INÍCIO

furacão faz Nasa recolher foguete; lançamento atrasará

furacão faz Nasa recolher foguete; lançamento atrasará

Compartilhe este conteúdo!

[ad_1]

A Nasa vai retirar o foguete da missão Artemis 1 de sua plataforma de lançamento, no Centro Espacial Kennedy, na costa da Flórida, e “guardá-lo” em um galpão. A decisão foi tomada hoje, após análises das condições meteorológicas previstas com a chegada do furacão Ian à região.

A agência espacial já havia adiado o lançamento, que estava marcado para amanhã (27), pelo mesmo motivo. Mas o foguete poderia permanecer posicionado na plataforma, caso os ventos não representassem ameaça ao SLS (Sistema de Lançamento Espacial) e à população.

“Depois de revisar a previsão, levaremos o sistema da Artemis 1 de volta ao Edifício de Montagem de Veículos (VAB) hoje à noite. Foi a decisão certa e necessária para manter nosso pessoal e nosso hardware seguros”, disse Jim Free, administrador associado da Nasa, no Twitter.

Ian começou como uma tempestade tropical, mas se fortaleceu nas últimas horas, sendo elevado a furacão de catergoria 1, conforme se aproxima de Cuba e dos Estados Unidos em uma trajetória incerta. De acordo com o Centro Nacional de Furacões dos EUA (NHC), ele já tem ventos de 120 km/h, com rajadas mais fortes.

“Os gerentes se reuniram na segunda-feira de manhã e tomaram a decisão, depois que dados meteorológicos coletados durante a noite não mostraram melhorias nas condições esperadas para a área do Centro Espacial Kennedy”, declarou a Nasa em comunicado. “A decisão dá tempo para que os funcionários atendam às necessidades de suas famílias e protejam o sistema.”

O procedimento de retirada acontece hoje, por volta da meia noite, e será transmitido ao vivo pela Nasa, no feed da câmera de monitoramento da plataforma 39B.

Mais adiamentos

Dentro do edifício, o SLS — o maior e mais poderoso foguete já construído pela Nasa — e cápsula Orion, que será lançada por ele até a Lua, estarão seguros. Mas isso significa ainda mais atrasos na missão. Depois que a tempestade passar, será preciso levá-los de volta à plataforma e fazer todos os complexos procedimentos de montagem e configuração novamente.

Assim, a próxima data cogitada pela Nasa, 2 de outubro, já está descartada — e o lançamento poderia ficar só para novembro. Esta é a terceira vez que a decolagem foi adiada.

O SLS está posicionado na plataforma desde meados de agosto. A Nasa já havia tentado lançá-lo em 29 de agosto e 3 de setembro, mas teve problemas técnicos em ambas as datas, envolvendo vazamentos de hidrogênio líquido — o combustível do foguete.

Após reparos e um longo teste de abastecimento, que demonstrou que o problema havia sido contornado, estava tudo certo para o dia 27… até a chegada de Ian.

Foguete SLS, da missão Artemis 1, posicionado na plataforma 39B do Centro Esoacial Kennedy, com Lua cheia ao fundo

Imagem: Nasa/Cory Huston

Humanos na Lua em 2026

O programa Artemis é um conjunto de missões que planeja levar o homem de volta à Lua, para estabelecer uma presença humana constante no satéite e utilizá-lo como ponto de partida para outras explorações (especialmente Marte).

Este primeiro lançamento é conhecido como Artemis 1. Ele não é tripulado: servirá apenas para enviar a nave Orion para orbitar a Lua, coletar informações e retornar.

Se esta fase for bem sucedida, a previsão é que a Artemis 2 leve astronautas para orbitar a Lua em 2024. Somente a Artemis 3 levará humanos ao solo lunar, provavelmente em 2025 ou 2026.

[ad_2]

UOL

0 0 votes
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

MAIS ACESSADOS:

PUBLICIDADE: