Pesquisar
Close this search box.

CONQUISTE SEU LUGAR NA INTERNET COM SITES PROFISSIONAIS E PELO MENOR PREÇO. CLIQUE AQUI E SAIBA MAIS!

<<  VOLTAR AO INÍCIO

iPhone 14 entra em pré-venda na próxima sexta-feira (7); veja preços

Tilt já testou! Veja vídeo com nossas primeiras impressões

Compartilhe este conteúdo!

[ad_1]

Sem muito alarde, a Apple anunciou em seu site oficial que a pré-venda da nova linha de celulares iPhone 14 e 14 Pro na próxima sexta-feira, 7 de outubro — uma semana antes em relação ao ano anterior. Os valores partem de R$ 7.599,00 e podem chegar até a R$ 15.499.

Os dois modelos estarão disponíveis a partir da semana seguinte, 14 de outubro, com o iPhone 14 custando, no mínimo, R$ 7.599,00, e o 14 Pro, R$ 9.499,00. Os modelos Pro Max, topo de linha desta geração da Apple, chegarão a partir de R$ 10.499,00.

De todos os lançamentos, o iPhone 14 Plus é o único que ainda não tem data de chegada anunciada. Preço, entretanto, o aparelho já tem: a partir de R$ 8.599,00 no site.

Confira a relação completa de preços:

  • iPhone 14 (128 GB): R$ 7.599
  • iPhone 14 (256 GB): R$ 8.599
  • iPhone 14 (512 GB): R$ 10.599
  • iPhone 14 Plus (128 GB): R$ 8.599
  • iPhone 14 Plus (256 GB): R$ 9.599
  • iPhone 14 Plus (512 GB): R$ 11.599
  • iPhone 14 Pro (128 GB): R$ 9.499
  • iPhone 14 Pro (256 GB): R$ 10.499
  • iPhone 14 Pro (512 GB): R$ 12.499
  • iPhone 14 Pro (1 TB): R$ 14.499
  • iPhone 14 Pro Max (128 GB): R$ 10.499
  • iPhone 14 Pro Max (256 GB): R$ 11.499
  • iPhone 14 Pro Max (512 GB): R$ 13.499
  • iPhone 14 Pro Max (1 TB): R$ 15.499

Para efeitos comparativos, os valores são bem semelhantes aos que estavam sendo praticados para a linha 13, lançada em 2021, e que teve um aumento de tabela nos últimos meses.

O que muda no iPhone 14 e iPhone 14 Plus

Os telefones têm o mesmo chip A15 Bionic de aparelhos lançados no ano passado, e serão disponibilizados em dois tamanhos 6,1 polegadas (iPhone 14) e 6,7 polegadas (iPhone 14 Plus). Eles chegarão ao mercado em cinco cores: preto, prata, azul, roxo e vermelho.

As cores dos iPhone 14

Imagem: Reprodução

Talvez um dos maiores destaques seja a câmera de 12 megapixels, que capta até 50% mais luz que o iPhone 13.

Outro recurso importante é que ela conta com estabilização óptica. Sensor é importante para ajudar na gravação de imagens em movimento, fazendo a captação ficar menos tremida. Será possível ativar a funcionalidade escolhendo a opção “Active Mode“.

Nos EUA, os iPhones 14 e iPhone 14 Plus só serão vendidos com esim. Na prática, eles contam com um chip de telefonia interno. Dessa forma, as pessoas terão que ativá-lo direto em uma operadora. Não vai precisar ficar tirando chip de um telefone antigo para um novo, por exemplo. No Brasil, a empresa deve vender iPhones com gaveta pra chips.

Uma das novidades é que todos os iPhones 14 têm o Emergency SOS. Um sistema que conecta o iPhone com satélites em casos de emergência.

Novos iPhones 14 têm conexão por satélite para situações de emergência - Reprodução - Reprodução

Novos iPhones 14 têm conexão por satélite para situações de emergência

Imagem: Reprodução

A ideia é que o telefone possa ter algum tipo de comunicação em locais sem conexão à internet ou sem sinal de telefonia celular.

Os telefones contarão com um app que ajuda na conexão do satélite. O usuário terá que apontar o dispositivo para um satélite para ter a conexão. Uma vez conectado dá para mandar informações básicas, como informar ocorrência e a localização.

Num primeiro momento, o recurso só estará disponível no Canadá e nos Estados Unidos e será gratuito nos próximos dois anos.

O que muda nos iPhones 14 Pro e Pro Max

iPhones 14 Pro e Pro Max - Reprodução - Reprodução

iPhones 14 Pro e Pro Max

Imagem: Reprodução

Os iPhones 14 Pro têm um visual diferente. O recorte da câmera está mais discreto.

Em vez de um entalhe grande, ele tem um furo para câmera e outro recorte no formato de pílula para o sensor de reconhecimento facial. Durante a apresentação, a companhia demonstrou a funcionalidade Dynamic Island, que usa o espaço do corte da tela para notificações (como timer ou chamadas telefônicas) ou outras atividades.

Por dentro, eles contam com o chip A16 Bionic, o mais sofisticado já lançado pela empresa e 60% mais rápido que os concorrentes, segundo a empresa. As telas são de 6,1 polegadas (iPhone 14 Pro) e 6,7 polegadas (iPhone 14 Pro Max).

Vê-los sob sol forte não deve ser um problema. A Apple diz que o grau de luminescência (brilho) da tela dos iPhones 14 Pro pode chegar a 2.000 nits — a título de comparação, o Galaxy S22 Ultra atinge até 1.750 nits.

Uma curiosidade sobre a tela é que ela tem um modo sempre ligado. Dessa forma, sempre é possível ter acesso a notificações e informações sem precisar desbloqueá-lo. Essa é uma das novas funcionalidades do sistema iOS 16, que vai ser liberado gratuitamente para donos de iPhone em 12 de setembro.

Um dos grandes diferenciais dos modelos Pro são as câmeras. Além de contar com estabilização óptica (como a dos modelos não Pro), a Apple conta com um trio de sensores: 48 megapixels (principal) + 12 megapixels (telefoto com zoom óptico de até 3x) e 12 megapixels (ultra-wide e macro).

iPhone 14 Pro - Divulgação - Divulgação

iPhone 14 Pro

Imagem: Divulgação

Segundo a empresa, os sensores conseguem absorver duas vezes mais luz que os modelos anteriores, o que vai melhorar a qualidade de imagens.

O sensor principal de 48 megapixels conta com a tecnologia quad-pixel. Dessa forma, ao tirar fotos ele combina quatro pixels em um, o que ajuda bastante na qualidade de fotos tiradas com baixa iluminação. Outra vantagem disso é que a foto resultante sai com o tamanho de uma de 12 megapixels, o que faz com que ela não ocupe tanto espaço de armazenamento.

Para quem quiser tirar imagens gigantes de 48 megapixels, basta usar o ProRAW — que deve ser uma boa opção para quem fotografa e gosta de fazer ajustes finos com algum editor de imagem.

(*) Com informações da matéria de Bruna Souza Cruz e Marcella Duarte

[ad_2]

UOL

0 0 votes
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

MAIS ACESSADOS:

PUBLICIDADE: