Pesquisar
Close this search box.

CONQUISTE SEU LUGAR NA INTERNET COM SITES PROFISSIONAIS E PELO MENOR PREÇO. CLIQUE AQUI E SAIBA MAIS!

<<  VOLTAR AO INÍCIO

Rússia vai reembolsar até 80% de custo de desenvolvimento de software, diz governo – 27/09/2022

Consumidores da Apple pagarão mais caro pelo iPhone 14 em alguns países asiáticos - 08/09/2022

Compartilhe este conteúdo!

[ad_1]

MOSCOU (Reuters) – O governo russo vai reembolsar até 80% dos custos de desenvolvimento de software realizado na Rússia, disse o primeiro-ministro, Mikhail Mishustin, nesta terça-feira. O país tenta substituir soluções de tecnologia estrangeira por alternativas criadas internamente.

A Rússia estabeleceu 2025 como prazo para ter apenas hardware e software russos em uso em sua infraestrutura crítica. Mishustin já anunciou empréstimos preferenciais para impulsionar o desenvolvimento de soluções de tecnologia da informação e em junho disse que os bancos receberiam 175 bilhões de rublos (2,97 bilhões de dólares) para serem aplicados com este fim.

Sanções contra Moscou desde o inicio da guerra na Ucrânia, incluem importações de produtos de alta tecnologia, especialmente aqueles que podem ser usados por militares. O país já tem operado um regime de substituição de importações há anos.

“O governo está preparado para compensar até 80% dos custos necessários para refinar o produto principal para atender às necessidades dos clientes”, disse Mishustin à televisão estatal. “Vamos alocar subsídios especiais para esses propósitos.”

Além das sanções, o êxodo de empresas estrangeiras deixou a Rússia na tarefa difícil de reestruturar o setor de tecnologia.

O governo russo reconheceu que a dependência de tecnologia estrangeira crítica, a baixa atratividade para investimentos e a escassez de pessoal são desafios enfrentados pela indústria eletrônica do país, publicou o jornal Kommersant este mês.

(Por Alexander Marrow)

[ad_2]

UOL

0 0 votes
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

MAIS ACESSADOS:

PUBLICIDADE: