Pesquisar
Close this search box.

CONQUISTE SEU LUGAR NA INTERNET COM SITES PROFISSIONAIS E PELO MENOR PREÇO. CLIQUE AQUI E SAIBA MAIS!

<<  VOLTAR AO INÍCIO

Sem Huck, Caldeirão com Marcos Mion capenga e espanta público da Globo

Foto / Reprodução TV Globo

Compartilhe este conteúdo!

Caminhando para completar dois anos de Caldeirão com Mion, o atual formato do programa começa a dar sinal de cansaço nos sábados da Globo. A atração está repetitiva, morna, boba e capenga na naturalidade. Nem os quadros que eram interessantes no seu início, em setembro de 2021, estão salvando o projeto do marasmo e isso vem se refletindo na audiência. Em maio de 2023, a cada 100 pessoas, 14 pararam de assistir ao semanal com Marcos Mion.

De acordo com a aferição da Kantar Ibope Media da Grande São Paulo, que a coluna teve acesso por terceiros, em maio de 2021, o Caldeirão ainda apresentado por Luciano Huck teve média de 14 pontos. Seu melhor número foi alcançado no dia 15, com 15,4.

Em maio do ano seguinte, já como Caldeirão com Mion, a Globo viu sua audiência cair para 12,1 pontos na principal capital do país para o mercado publicitário. Nesse período, seu melhor ibope foi no dia 14, quando marcou 13 pontos.

No mês passado, o programa de Marcos Mion desceu ainda mais na sua média e atingiu 11,9 pontos, tendo 12,1 seu melhor número nos dias 06 e 27. Em comparação de maio de 2021 a maio de 2023, a atração de auditório dos sábados da Globo minguou sua audiência em 14%.

Ao longo do Caldeirão, sempre na despedida de um convidado tem uma chuva de elogios ao apresentador. O ego agradece e a audiência desliga.

Mesmo com uma audiência abaixo do que marcava Luciano Huck, Caldeirão com Mion continua sendo líder, mas muito pela falta de concorrência no horário e por fazer sala de espera para a novela das seis. Se querem ter vida longa, não podem se acomodar.

Marcos Mion não manteve a audiência de Luciano Huck nas tardes da Globo – Foto: Reprodução/Globo

0 0 votes
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

MAIS ACESSADOS:

PUBLICIDADE: