Pesquisar
Close this search box.

CONQUISTE SEU LUGAR NA INTERNET COM SITES PROFISSIONAIS E PELO MENOR PREÇO. CLIQUE AQUI E SAIBA MAIS!

<<  VOLTAR AO INÍCIO

Caminhos da Reportagem estreia temporada em parceria com Sebrae

Compartilhe este conteúdo!

Programa da TV Brasil lança série “Riquezas da Nossa Terra” e nova linguagem visual.

Foto: reprodução – TV Brasil

Com formato e identidade visual renovados, o Caminhos da Reportagem estreia, a partir do próximo domingo (9), às 22h, o especial “Riquezas da Nossa Terra”. O programa mostra produtos de todo o país que conquistaram o selo de Indicação Geográfica, concedido aqueles que são únicos no mundo. São 12 episódios inéditos sobre produtos que revelam a diversidade do povo brasileiro, de norte a sul do país.

As equipes do programa mais premiado da TV Brasil levam o público para conhecer sabores, histórias de vida, belezas e atrações em cada lugar, entre eles, o cacau do sul da Bahia; o vinho, da Campanha Gaúcha; o guaraná de povos indígenas do Amazonas; a cachaça de Paraty, no Rio de Janeiro; o queijo marajoara do Pará; o bordado filé das Lagoas de Manguaba e Mundaú, de Alagoas; o café da Serra da Mantiqueira, de Minas Gerais e muitos outros produtos que são a cara do Brasil.

Foto: reprodução – TV Brasil

O primeiro episódio se passa em Paraty, no Rio de Janeiro, famosa pela biodiversidade e efervescência cultural, mas também pela produção de cachaça. Com o título “Uma dose de Paraty”, apresenta os atrativos da cidade que tem a bebida destilada artesanal como parte das tradições.

As edições ficam disponíveis no app TV Brasil Play.

Produtos diferenciados e o papel do Sebrae

A série temática do programa jornalístico Caminhos da Reportagem visita áreas mapeadas do país conhecidas pelo desenvolvimento de produtos específicos que garantiram à localidade a certificação própria de Indicação Geográfica. O Sebrae tem papel fundamental para realizar a identificação e contribuir na pauta do conteúdo apurado pelas equipes da TV Brasil para o lançamento da série “Riquezas da Nossa Terra”.

Reprodução – TV Brasil

O canal público aponta elementos com propriedades exclusivas que diferenciam os produtos com selo IG que, além de reconhecer a qualidade e a origem dos itens, incentiva a cultura local e estimula rotas turísticas.

Os registros incluem vinhos, espumantes, frutas, farinhas, obras de artesanato e produtos têxteis, entre outros, cada qual com seu próprio selo. A reputação é outra qualidade característica desses itens.

A distinção alcançada assegura vantagem competitiva. Também move o trabalho de diversos profissionais com atuação relacionada aos respectivos produtos como produtores e comerciantes. A leva de negócios ainda desenvolve novos públicos e fomenta o consumo. Essa dinâmica ajuda a consolidação das tradicionais iguarias e dos saberes locais por gerações bem como sua potencialização das atividades de turismo.

A marca de Indicação Geográfica privilegia localidades que provaram a origem e a procedência de seus artigos singulares, as duas denominações possíveis de espécie para produtos agropecuários. Muitos também são considerados patrimônios imateriais e trazem contextos que favorecem a transformação social.

A conquista deste registro consolida atrativos com atributos únicos. A iniciativa estimula a economia local, movimenta as cidades e gera frutos em prol dos moradores. Todos se beneficiam pelo reconhecimento da cultural regional e ganham também com o aumento da circulação de pessoas diante da demanda turística.

Cachaça fomenta turismo em Paraty

A primeira viagem da série “Riquezas da Nossa Terra” tem como destino o histórico município fluminense de Paraty, no sul do Rio de Janeiro. A edição inédita do programa jornalístico Caminhos da Reportagem, da TV Brasil, desvenda a tradição dos tempos coloniais e o modo de fazer cachaça que atravessa gerações.

As peculiaridades desse legado com um preparo único da bebida fizeram da cidade a primeira do país a ter o reconhecimento de Indicação Geográfica pela produção da cachaça, em 2007. O registro é feito pelo Instituto Nacional da Propriedade Industrial (INPI).

A iniciativa foi essencial para promover a cachaça artesanal de Paraty. A produção da bebida vive um momento de ascensão, com prêmios, experimentação de blends, desenvolvimento de licores e drinks e busca de novos mercados.

Até três décadas atrás, o produto estava em declínio na região. O contexto mudou quando um grupo de produtores resolveu resgatar essa tradição e investir na renovação das instalações e dos processos. O panorama é um alento para a cidade muito conhecida por suas praias, paisagens e festivais literários.

Em parceria com o Sebrae, o Caminhos da Reportagem percorreu algumas cachaçarias de Paraty que usam o selo da Indicação Geográfica. Atualmente, seis empresas familiares produzem anualmente de 350 a 400 mil litros de cachaça. A maior parte da bebida é vendida para os turistas que visitam o município.

A atração jornalística da emissora pública destaca o processo de produção. O trabalho passa pelo cultivo da cana-de-açúcar, colheita, extração da garapa, fermentação (com fermento natural à base de cana), destilação, corte, maturação, armazenamento e envelhecimento da cachaça em barris de madeira. 

Destinos e produtos da nova temporada

Os próximos conteúdos do especial em cartaz na telinha da TV Brasil apresentam a goiaba paranaense de cidade de Carlópolis; o café mineiro da Serra da Mantiqueira; e o mel de melato catarinense de Bracatinga, no planalto sul do país.

A temporada inédita do programa Caminhos da Reportagem ainda prevê, nos próximos meses, o destaque para o cacau do sul baiano; o queijo de Marajó, no Pará; a lavoura de açafrão no município de Mara Rosa, em Goiás; e o socol produzido em Venda Nova do Imigrante, no Espírito Santo.

A sequência final de matérias especiais da série “Riquezas da Nossa Terra” dá visibilidade às obras de artesanato do bordado filé, de região das Lagoas Mundaú e Manguaba, no estado de Alagoas; à farinha de mandioca, de Cruzeiro do Sul, no Acre; e ao guaraná dos povos indígenas no Amazonas.

Entre outras delícias de dar água na boca, a temporada ainda leva o público a um passeio pela campanha gaúcha para acompanhar a produção dos vinhos e espumantes. O telespectador confere as técnicas desenvolvidas no vinhedo para padronizar a qualidade da uva.

Serviço

Caminhos da Reportagem – domingo, dia 9/10, às 22h, na TV Brasil

Acompanhe também as nossas mídias sociaisFacebook  ,Twitter e Instagram
Site: estreianatv.com.br

0 0 votes
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

MAIS ACESSADOS:

PUBLICIDADE: