Pesquisar
Close this search box.

CONQUISTE SEU LUGAR NA INTERNET COM SITES PROFISSIONAIS E PELO MENOR PREÇO. CLIQUE AQUI E SAIBA MAIS!

<<  VOLTAR AO INÍCIO

Oppo chega ao Brasil; Reno7 por R$2.999, com câmera potente mas sem 5G

Oppo chega ao Brasil; Reno7 por R$2.999, com câmera potente mas sem 5G

Compartilhe este conteúdo!

[ad_1]

A fabricante chinesa Oppo lançou, ontem (19), seu primeiro celular no Brasil: o Reno7. Trata-se de um intermediário premium, que vem para disputar este acirrado mercado de smartphones. A novidade já está em pré-venda, por R$ 2.999 (em até 10x sem juros) e começa a ser enviada em 26/10.

Há duas opções de cores: preto cósmico e azul aurora (com efeito furta cor), com armazenamento de 128 GB. Os revendedores oficiais no país são a Amazon e a Vivo. Quem comprar o aparelho até 31/12 nestas lojas e se registrar no site da marca, será contemplado com uma ampla garantia, de 5 anos.

Os maiores diferenciais do smartphone são: bom conjunto de câmeras, com destaque para o sensor de selfie e o modo microscópico, o controle por “gestos no ar”, e o carregamento superrápido de bateria.

A Oppo é a quarta maior fabricante de celulares do mundo, atrás de Samsung, Apple e Xiaomi, segundo a consultoria de mercado Counterpoint. O ator Caio Castro foi anunciado como embaixador da marca no país.

Conteúdo da caixa do Oppo Reno7, com carregador e capinha

Imagem: Divulgação

“Escolhemos o Reno7 para nossa estreia no Brasil por ser um dos produtos de grande sucesso em outros países”, afirmou o presidente-executivo no país, Jim Zhang, em um comunicado divulgado em julho deste ano, quando a empresa anunciou sua chegada.

A chinesa diz ter apostado neste primeiro modelo — e não em um top de linha — devido ao valor mais acessível. Mas ele chegou um pouco mais caro que o esperado. Para efeitos comparativos, em conversão direta, o Reno7 custa cerca de R$ 2.300 no México e R$ 1.800 na Índia, dois mercados emergentes, similares ao Brasil — não há revenda oficial nos Estados Unidos.

O que tem de novidade no Reno7

Apesar de não ser compatível com tecnologia 5G, algo esperado um um aparelho novo desta faixa de preço, o Reno7 entra na categoria de intermediário premium. Ou seja, possui algumas configurações vistas em celulares mais avançados. Confira a seguir as principais configurações:

cena noturna oppo reno7 - Marcella Duarte - Marcella Duarte

Cena noturna registrada com o Reno7

Imagem: Marcella Duarte

Câmeras traseiras

O conjunto traseiro tem câmera principal de 64 MP, um sensor de 2 MP (para o efeito de desfoque de fundo) e uma lente macro de 2 MP — a mais diferenciada, que permite o modo microscópio, com zoom de até 30x, para ver detalhes muito pequenos, como texturas de pele e flores, fibras de tecidos e cédulas etc.

Esta lente possui também uma luz orbital — como um ring light — ao seu redor, que ajuda a iluminar as cenas microscópicas e também funciona como um indicador de notificações do celular, piscando quando há mensagens não lidas e ficando acesa quando o aparelho está carregando.

Entre as opções de foto e vídeo, há o modo retrato bokeh (com desfoque de fundo, que pode ser regulado) e efeitos de beleza customizáveis (você pode deixar seu rosto mais natural ou artificial). Todas as imagens são processadas por inteligência artificial.

oppo reno7 retrato - Marcella Duarte - Marcella Duarte

Selfie com desfoque de fundo máximo e feito de beleza leve

Imagem: Marcella Duarte

Câmera de selfie

Outro destaque é a câmera frontal, que usa o exclusivo sensor IMX709, desenvolvido pela Sony. Ele usa um algoritmo de binning (que combina quatro pixels em um) e matriz de RGBW, capazes de capturar até 60% mais luz e reduzir em até 35% os ruídos da fotografia, oferecendo imagens mais nítidas e claras mesmo em condições de baixa iluminação, de acordo com a Oppo.

Dá para fazer vídeos de visão dupla, gravando simultanemanente o que vem das câmeras frontal e traseira em um único arquivo.

Bateria

A bateria de 4.500 mAh promete um dia inteiro de uso. Mas o mais interessante é o carregamento super-rápido de 33W, que, segundo a Oppo, permite 160 minutos de chamada de voz após uma carga de apenas 5 minutos; o recarregamento completo acontece em 60 minutos.

Gestos no ar

Uma função interessante é a de gestos inteligentes, que pode ser últil quando se está com as mãos ocupadas ou sujas, ou mais longe do celular — por exemplo, cozinhando. Dá para controlar a tela com gestos no ar, para cima e para baixo.

Anti-espiões

Há um ocultador inteligente de notificações, que as desativa temporariamente se for detectado o rosto de outra pessoa olhando para o aparelho, mesmo que espiando sobre seu ombro.

Acabamento

O aparelho é bem leve e fininho, com 0,75 cm de espessura e 175g de peso. A traseira tem o acabamento Reno Glow, de toque suave com sensação acetinada, que não deixa marcas de digitais e reflete a luz de maneira diferenciada.

Games

O processador Snapdragon 680, da Qualcomm (o mesmo do concorrente chinês Realme 9, que pode ser encontrado por R$ 1.699, com 8 GB de RAM e câmera principal de 108 MP), oferece bom equilíbrio entre desempenho e consumo de energia (é mais rápido e a bateria dura mais).

De acordo com a empresa, ele é pensado para entretenimento, principalmente um amplo uso da câmera, streaming e games. O recurso “quick start” deixa jogos e aplicativos mais exigentes pré-carregados, para que sejam inicializados rapidamente. Já o modo “game focus” bloqueia notificações de outros apps durante jogos.

RAM expansível

Outra tecnologia inédita no Brasil permite ampliar virtualmente a memória RAM (de 6GB) para até 11gb, caso precise aumentar o desempenho do aparelho. Isso pode ser feito e desfeito a qualquer momento.

Tela

A tela é de 6,4 polegadas (16,25 cm), com tecnologia Amoled e resolução Full HD+. Uma das vantagens é a taxa de atualização de 90 Hz, índice que representa a velocidade de transição de animações na tela. Quanto maior o número, melhor.

Na prática, a tela do lançamento tende a ter uma transição de imagens mais fluída. O mercado já vê hoje em dia um número crescente de celulares premium com taxa de atualização de 90 Hz e 120 Hz. Alguns modelos trabalham com 144 Hz.

Sistema operacional

Os smartphones da Oppo usam uma personalização do sistema Android chamada ColorOS, que oferece as interações por meio de gestos e permite, entre outros, a criação de avatares personalizados exclusivos — os chamados “omojis”.

Ficha técnica do Reno7

  • Tela: 6,4 polegadas Amoled Full HD+ (1.080 x 2.400 pixels) com taxa de atualização de 90Hz
  • Câmera Frontal: Sony IMX709 32 MP (f/2.4)
  • Câmera Traseira: 64 MP (f/1.7) + 8 MP (f/3.3 microscópica) + 2 MP (f/2.4)
  • Sistema Operacional: ColorOS 12, baseado em Android 12
  • Processador: Snapdragon 680 4G Qualcomm SM6225
  • Memória RAM: 6 GB (expansível para até 11 GB)
  • Armazenamento Interno: 128 GB
  • Bateria: 4.500 mAh com carga SuperVOOC de 33W
  • Dimensões: 16 x 7,3 x 0,75 cm; 175 gramas

Quem é a OPPO no mercado de celulares?

Calcula-se que mais de 500 milhões pessoas usam produtos da Oppo. A chegada ao Brasil vem após a estreia da empresa na América Latina, com o início de uma operação local no México no fim de junho.

Ela também vende oficialmente seus telefones na Colômbia, no Chile e no Peru. Por aqui, já encontramos alguns de seus produtos em marketplaces, comercializados por representantes não-oficiais.

A marca chinesa é conhecida por apresentar inovações na fabricação de smartphones — dizem ter registro de mais de 65 mil patentes relacionadas a eletrônicos de consumo. Com alguma frequência, a Oppo apresenta protótipos de aparelho com recursos ou formatos bem distintos.

No ano passado, por exemplo, revelou o OPPO X 2021, com tela expansível — para aumentá-la, basta “desenrolar” a tela. O celular também pode ser recarregado pelo ar.

Oppo X 2021 - Reprodução - Reprodução

Oppo X 2021

Imagem: Reprodução

Durante a feira Mobile World Congress, em Barcelona (Espanha), neste ano, a fabricante chinesa apresentou o primeiro carregador de 240W, capaz de ir 0 a 100% em 9 minutos.

Fora isso, os smartphones da marca, sobretudo os top de linha, são conhecidos pela qualidade de câmera e carregamento rápido. O OPPO Find X5 Pro, o mais sofisticado até o momento da fabricante, tem um carregador de 80W, que vai de 0 a 50% em 12 minutos.

Como ela atuará no Brasil?

De acordo com companhia, a chegada ao Brasil não envolve, inicialmente, planos para fabricação nacional. A empresa irá importar todos os aparelhos da China.

“Notamos que, a cada ano, muitas pessoas compravam nossos smartphones por meio de agentes de compras ou compras internacionais. Portanto, entramos no país para entregar diretamente nas mãos dos brasileiros ou de qualquer interessado”, escreveu Zhang.

Dependendo do sucesso de vendas nesse início, smartphones mais potentes podem chegar ao país nos próximos meses, como os da linha Find X.”O Brasil é um mercado-chave essencial para nosso crescimento e esperamos que nossas vendas aumentem 100% em um ano”, acrescentou Zhang.

A gente escolhe cada produto criteriosamente, de forma independente, e checa os preços na data da publicação (ou seja, podem variar!). Ao comprar pelo nosso link, ganhamos uma comissão, mas você não paga a mais por isso.

[ad_2]

UOL

0 0 votes
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

MAIS ACESSADOS:

PUBLICIDADE: