Pesquisar
Close this search box.

CONQUISTE SEU LUGAR NA INTERNET COM SITES PROFISSIONAIS E PELO MENOR PREÇO. CLIQUE AQUI E SAIBA MAIS!

<<  VOLTAR AO INÍCIO

Brasileiros relatam problemas com chip virtual em iPhone 14 importado

Brasileiros relatam problemas com chip virtual em iPhone 14 importado

Compartilhe este conteúdo!

[ad_1]

A decisão da Apple de retirar a entrada para o chip físico do modelo do iPhone 14 vendido nos Estados Unidos se tornou uma dor de cabeça para alguns brasileiros que compraram o aparelho por lá. Nas redes sociais, há diversos relatos de quem teve problemas para ativar o chip virtual desde o lançamento, principalmente na operadora Vivo.

É o caso da médica santista Letícia Castro (27), que aproveitou uma viagem programada para Orlando para trocar seu iPhone 11 pelo atual. Ela conta que comprou o iPhone 14 na loja da Apple no Florida Mall em 17 de setembro, mas enfrentou dificuldades para ativar o eSIM.

“Tentamos fazer a ativação pelo site da Vivo. Meu pai é o titular da conta, fornecia todos os dados solicitados e fazia a biometria, mas o sistema da operadora dava um erro e não conseguia gerar o QR Code”, explicou.

No Brasil, a irmã de Letícia foi até uma loja da Vivo para tentar ajudar a resolver a situação e foi informada por um técnico da empresa de que o problema poderia ser na Anatel, já que o modelo vendido nos Estados Unidos não é homologado no Brasil.

Insatisfeita com a resposta, a médica passou a procurar outras pessoas com o mesmo problema nas redes sociais. Encontro várias que relataram a mesma mensagem de bug no site: “Erro ao tentar encontrar o TAC associado a Perfil Elétrico”.

Mensagem de erro na ativação do eSIM (chip virtual) do iPhone 14 no Brasil

Imagem: Reprodução/WhatsApp

Para tentar resolver o problema, Letícia entrou em contato com a loja da Vivo do shopping Eldorado, em São Paulo, entre os dias 18 e 20 de setembro. De início, a médica foi informada por uma lojista de que não conseguiria fazer o chip virtual no iPhone 14 e que não havia prazo para que o problema fosse resolvido.

Na última terça-feira (20), no entanto, a atendente da loja afirmou que o sistema já estava funcionando novamente. “Meu pai forneceu os dados cadastrais, fez o reconhecimento biométrico e liberou o QR Code. Em menos de 20 minutos, o eSIM já estava configurado no celular”, conta.

A médica disse que resolveu compartilhar seu relato nas redes sociais diante do desespero e da falta de informação nos primeiros dias.

“Fiquei chateada na hora, porque eu uso o celular como ferramenta de trabalho. Sabia que iriam resolver o problema, mas na hora a gente fica frustrada quando não tem ninguém para explicar a situação. O pessoal da Vivo não sabia o que falar”, lamenta.

Problema se repetiu na Europa

A mesma mensagem de erro na hora da ativação do chip virtual aparecia para o engenheiro de software Bruno Pantaleão (26), que não conseguia migrar seu chip virtual do iPhone 13 Pro para o iPhone 14 Pro, comprado nos Países Baixos.

Ele tentou fazer a transferência com ajuda de um vendedor da Vivo por WhatsApp, mas foi informado que não era possível ativar o eSIM porque o dispositivo não era reconhecido no sistema deles.

“Fiz uma reclamação na Anatel e na ouvidoria da Vivo, mas essas duas não deram em nada”, afirma. O engenheiro só conseguiu solucionar a questão quando recorreu às redes sociais e encontrou a história de Letícia.

Contatada por meio de sua assessoria, a Vivo não se maniestou até o momento da publicação deste texto. A Apple também não retornou nossas solicitações. O espaço está aberto para manifestações de ambas as empresas.

Em nota enviada a Tilt, a Anatel afirmou que o erro foi corrigido e a mensagem não deve aparecer mais. A agência reguladora ressalta ainda que o projeto Celular Legal não realiza bloqueio direto de aparelhos não-homologados, mas que a venda deles não é permitida no país.

[ad_2]

UOL

0 0 votes
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

MAIS ACESSADOS:

PUBLICIDADE: