Pesquisar
Close this search box.

CONQUISTE SEU LUGAR NA INTERNET COM SITES PROFISSIONAIS E PELO MENOR PREÇO. CLIQUE AQUI E SAIBA MAIS!

<<  VOLTAR AO INÍCIO

Epson lança três projetores portáteis; mais caro chega a R$ 18 mil

Epson lança três projetores portáteis; mais caro chega a R$ 18 mil

Compartilhe este conteúdo!

[ad_1]

A Epson lançou no Brasil, nesta quarta (21) a linha EpiqVision, composta por três projetores portáteis focado no público doméstico – de olho na Copa, que deve alavancar a venda de produtos audiovisuais, mas também pensando em quem aderiu ao home office em tempo integral.

Todos integrados com Chromecast, mas cada modelo possui especificações próprias, o que reflete na faixa de preços.

O FH-02 projeta imagens em até 300 polegadas em Full HD, com tecnologia 3LCD de três chips. No site da Epson, ele sai por R$ 5.400.

Já o EF-12 lembra um pequeno amplificador, graças às caixas de som embutidas, da marca Yamaha, que garantem maior imersão de áudio. Projeta em até 150 polegadas, também em Full HD e com a tecnologia 3LCD de três chips. Seu diferencial é o Epson Microlaser Array, que melhora a densidade do preto e o nível do brilho. O preço é de R$ 9 mil no site oficial da Epson.

Projeto Epson EF-12

Imagem: Divulgação/Epson

O top de linha é o LS-300, que, assim como o EF-12, possui qualidade Full HD, som Yamaha integrado e tecnologia Microlaser Array. Sua projeção é menor (até 120 polegadas), mas ele possui maior número de lúmens para cores e para o branco, deixando as imagens mais vivas. À vista, o LS-300 custa R$ 18 mil na Epson, mas o valor pode chegar a R$ 20 mil se comprado à prazo.

Sem integração para games

Projetor Epson FH-02  - Divulgação/Epson - Divulgação/Epson

Projetor Epson FH-02

Imagem: Divulgação/Epson

Nenhum dos modelos está preparado para o público gamer, já que não possuem integração com nenhum serviço de assinatura, como o Game Pass, do Xbox. Gabriel Gonçalves, gerente regional de produto da Epson para a América Latina, explicou, entretanto, que conforme sentirem necessidade do público, não descartam a possibilidade de acrescentarem novos recursos.

Além disso, Marcelo Madi, diretor de vendas da Epson no Brasil, afirmou que eles não enxergam os projetores como substitutos das televisões, mas sim como complementares ao entretenimento dos usuários. “Eles oferecem experiências diferentes, porque os projetores são portáteis – menos de 2,5kg – e vários tamanhos de tela, mas não chegaram para substituir as tvs”, explicou.

[ad_2]

UOL

0 0 votes
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

MAIS ACESSADOS:

PUBLICIDADE: